Dia Mundial do Backup: Qual a real importância do backup?

Dia Mundial do Backup: Qual a real importância do backup?

0 comentário 23,5K visualizações

#WorldBackupDay no dia mundial do Backup devemos nos perguntar, já fiz meu backup hoje?

Sejam fotos, documentos, arquivos de vídeo ou informações confidenciais, seus dados são de extrema importância para proteger.

A perda de qualquer quantidade de dados pode comprometer sua identidade pessoal, apagar seu histórico familiar e até levar à falência toda a sua empresa. Não importa se você armazena anos de dados de clientes altamente confidenciais ou apenas salva muitas fotos do seu gato, peixe, cachorro, tartaruga, papaguaio entre outros bichanos, você não quer descobrir que boa parte ou até mesmo todos os seus dados desapareceram justamente no dia que decidiu recordar uma data importante ou reviver um trabalho antigo.

É aqui que entra o software de backup que pode salvar seu dia ou sua carreira.

Fazer backup de seus dados é uma das maneiras mais seguras de garantir que você seja proativo em relação à segurança de seus dados. Não que desejamos mas, se ocorrer um desastre, você “poderá” ficar tranquilo sabendo que suas informações ainda existem em outro lugar. Hoje em dia com a ajuda de técnicas de segurança cibernética e software de backup, você pode tomar a iniciativa de se proteger antes que algo drástico aconteça.

Como os ataques cibernéticos ocorrem cada vez com mais frequência, parece quase impossível garantir que seus dados não serão corrompidos ou roubados a qualquer instante.

De acordo com a Universidade de Maryland , os hackers atacam a cada 39 segundos (ou 2.244 vezes por dia em média) em 2017, de acordo com pesquisadores da SonicWall, que disseram em seu relatório anual de ameaças que os ataques de ransomware no ano passado, sim estamos falando de 2021, cresceram 105%, com 20 ataques sendo tentados a cada segundo. É exatamente por isso que tomar precauções contra possíveis violações de dados e fazer backup de seus dados confidenciais deve estar na vanguarda de sua mente.

A importância do backup

O software de backup oferece proteção para dados corporativos copiando dados de servidores, bancos de dados, desktops, laptops e outros dispositivos em caso de erro do usuário, arquivos corrompidos ou um desastre físico que torna dados críticos inacessíveis. Ele também pode proteger dados corporativos confidenciais em caso de mau funcionamento de hardware, penetração de hackers, virus e muitas outras ameaças impostas a informações armazenadas digitalmente.

Há uma grande variedade de programas de backup que suportam fontes de proteção de dados, de servidores corporativos a computadores pessoais. Você pode armazenar seus dados em um DVD, Blue-Ray, Pendrive, disco rígido / HD ou SSD externo, mas cada vez mais pessoas estão escolhendo backups em nuvem.

Na maioria das vezes, todos eles servem ao mesmo propósito geral, mas o custo e o escopo podem variar bastante.

Nada dura para sempre. Isso é especialmente verdadeiro quando se trata de dispositivos de hardware, como computadores e discos rígidos HDs ou SSDs externos. Pode acontecer um acidende de trabalho ou domestico, uma queda de energia ou um desastre natual. Eventualmente, chegará um dia em que seu dispositivo seja ele um computador, smartphone ou mesmo uma camera digital se desgastará e colocará você em risco de perder todos os dados mantidos nele. Você pode tentar levá-lo a uma assistencia técnica ou ao revendedor de quem comprou, mas não há garantia de que eles possam recuperar dados perdidos do dispositivo.

A recuperação de HDs em assistencias técnicas é extremamente cara e em alguns casos pode ser necessário o envio do equipamento para o exterior, já acompanhamos um caso que o HD teve que ser enviado aos EUA para recuperação junto a fabricante do mesmo.

É por isso que fazer backup de seus dados regularmente é tão importante.

Também é importante estar ciente de que os dados podem ser corrompidos a qualquer momento, não apenas quando o hardware se desgasta, uma simples queda de energia ou aquele chute sem querer na tomada que desliga seu computador pode corromper um arquivo importante.

Todos os arquivos que você considera importantes devem ser copiados regularmente.
Obs: fazer backup de seus dados no mesmo disco dos dados originais porem em partições diferentes não reduzirá o risco, nem mesmo em disco separado que esteja conectado o tempo todo em seu PC.

Uma solução de backup verdadeiramente segura incluirá um backup remoto, armazenando seus dados fora do local ou fora do servidor para que você possa recuperá-los se ocorrer uma falha.

A ameaça constante do risco de dados

Quase tudo está em algum lugar online, então seus dados sendo roubados, hackeados ou corrompidos não estão completamente fora de questão. Os crescentes relatos de hackers, phishing e malware prejudicial são uma grande ameaça para empresas de todos os tamanhos e usuários domésticos, mas certamente não são os únicos riscos que você deve ter cuidado.

Vírus e hackers

Embora os ataques de hackers e ransomware sejam mais prevalentes no momento, as técnicas testadas e aprovadas da velha escola, como malware perigoso, spyware e vírus, continuam entre as principais causas de perda de dados e violações de sistemas.

Você e sua empresa permanecerão expostos à ameaça de hackers se nada for feito. Não é uma questão de saber se serão atacados, é uma questão de quando e como?

Para colocar outra barreira a possíveis vírus, hackers e ransomware, você pode contar com a ajuda de um software antivírus que impede e/ou detecta a presença de software malicioso em um dispositivo de endpoint.
A Microsoft vem investindo bastante no Windows Defender, antivirus que passou integrar o sistema operacional nativamente no Windows 8, atualmente o Windows Defender é reconhecido pelo mercado como um lider de mercado apontado pela Gatner no famoso quadrante magico.

Desastres físicos

Muitos pensam que seus dados estão em risco apenas digitalmente, mas não é a única maneira de perder arquivos e documentos preciosos.

Desastres físicos como inundações, incêndios, terremotos ou tornados têm o poder de eliminar completamente todos os seus dados fisicos e tornar o processo de recuperação praticamente impossível.

Exemplos menos drásticos de você perder seus dados fisicamente podem incluir alguém roubando seu disco rígido externo ou você esquecendo seu laptop em algum lugar sem fazer backup prévio. Sem mencionar a possibilidade muito real e comum de o hardware do seu sistema falhar fisicamente.

Por que usar software de backup?

Não importa se seus dados são pessoais ou relacionados a negócios, você deve pensar em fazer backup de seus dados. Qualquer pessoa que deseje um nível adicional de prevenção contra perda de dados deve considerar o uso de software de backup para evitar a perda, não adianta pensar em backup após se dar conta que precisa dele.

Embora fazer backup de suas informações em nuvem seja a ultimamente a maneira mais comum de fazer isso, servidores e HDs/SSDs externos têm a mesma capacidade. Também é importante observar que várias cópias de backups podem ser salvas. Pode-se fazer backups em diversos dispositivos ou em nuvens ao mesmo tempo.

Além disso, o software de backup oferece a capacidade de restaurar dados se o local de armazenamento original for excluído ou apresentar falha. Algumas ferramentas de software podem alertá-lo quando os arquivos foram perdidos ou corrompidos, enquanto outros podem simplesmente atualizar os próprios dados quando as informações são perdidas. Mesmo que as informações não sejam perdidas, mas os dados precisem ser transferidos para uma nova rede ou dispositivo, os usuários podem acionar uma recuperação de backup e fornecer todas as informações para novos dispositivos.

Em breve postaremos uma lista de softwares de backup que você pode utilizar.

Tipos de backup

Existem diferentes tipos de backup de dados e estratégias de backup, cada um projetado para lidar com diferentes problemas, vulnerabilidades e necessidades de armazenamento. O backup contínuo é essencial para manter sua empresa segura, mas pode ser difícil saber qual tipo de backup você precisa executar.

Primeiro você precisa avaliar a quantidade de dados que possui, os recursos de sua rede e o que deseja que o backup alcance. Só então você poderá descobrir o tipo certo de backup para você.

Quais são os Tipos de Backup

Quais são os Tipos de Backup

Backup completo

Um backup completo é considerado o tipo mais comum de backup.

Como o próprio nome indica, um backup completo é quando todos os arquivos e pastas selecionados são copiados. É o processo de backup mais abrangente, porem é o que leva mais tempo para ser concluído e exige mais espaço do que outros tipos de backup.

Em um backup completo, todos os dados são copiados integralmente para outro local e, se a restauração for necessária, a recuperação é mais rápida do que outros processos de backup.

PRÓS CONTRAS
Uma cópia abrangente de todos os dados está localizada em um só lugar e não leva muito tempo para restaurá-los. Também é fácil manter e restaurar diferentes backups. A execução de um backup completo leva mais tempo para ser concluída do que outros tipos. Manter diversos backups completos consumirá muito espaço de armazenamento.

Backup Incremental

Um backup incremental é um backup de todas as alterações nos dados desde que o último backup foi executado. Este último backup pode ser um backup completo ou o backup incremental anterior.

Com esse tipo, o primeiro backup será completo com backups menores repetidos (incrementais) que copia apenas os dados que foram alterados ao longo do tempo.

PRÓS CONTRAS
Os backups incrementais são muito mais rápidos, pois apenas os dados alterados serão copiados. Isso também significa que não teremos arquivos duplicados economizando e muito o espaço de armazenamento a ser usado. Embora eles tenham o tempo de backup mais rápido, recuperar seus dados será muito mais lento. Isso ocorre porque os dados incrementais precisam ser integrados aos backups anteriores, o que é um processo complexo e demorado.

Dica: Após algumas rodadas de backups incrementais, é comum executar um novo backup completo para atualizar seus dados completamente.

Backup Diferencial

Um backup diferencial fica entre os backups completos e os backups incrementais. Isso ocorre porque um backup incremental registra as alterações nos dados desde o último backup de qualquer tipo e um backup diferencial registra todas as alterações feitas nos dados no mesmo local do último backup completo.

Com backups diferenciais, um backup completo é executado primeiro e os backups a seguir registram as alterações feitas desde esse backup completo. Isso significa que o tempo de backup será muito mais rápido do que executar um backup completo todas as vezes e menos espaço de armazenamento será usado.

PRÓS CONTRAS
Os backups diferenciais são muito mais rápidos do que os backups completos. Eles também usam o espaço com mais eficiência e levam menos tempo para restaurar do que os backups incrementais. Em comparação com os backups incrementais, os backups diferenciais são mais lentos e menos eficientes em termos de espaço.

Backup Espelho

Como o nome sugere, um backup espelhado ocorre quando uma cópia exata é criada a partir dos dados de origem. Quando um arquivo na origem é excluído, o mesmo arquivo também é eventualmente excluído do backup espelho.

Como eles funcionam dessa maneira, a execução de backups espelhados deve ser usada com cautela. Um arquivo ou pasta excluído por acidente (ou mesmo pelas mãos de um vírus) pode passar despercebido e, se ninguém perceber antes de outro backup, ele será perdido em ambos os backups.

Muitos serviços de backup oferecem uma opção de exclusão de 30 dias. Isso significa que quando um arquivo é excluído em sua origem, ele é mantido no servidor de armazenamento por no mínimo 30 dias após a exclusão. Isso elimina um pouco do medo que as pessoas podem ter ao lidar com backups espelhados.

PRÓS CONTRAS
Os backups espelhados economizam espaço de armazenamento porque os backups não contêm arquivos antigos e obsoletos. Se os arquivos forem excluídos acidentalmente, eles também serão excluídos no backup espelhado se a exclusão não for descoberta antes do próximo backup agendado.

Backup completo do computador (backup Full-PC)

Um backup completo do PC (ou backup completo do computador) visa o computador como um todo. Em vez de apenas copiar os dados no computador, um backup completo do PC também grava uma imagem da estrutura do computador. Essa ‘imagem’ é como um instantâneo de toda a unidade e pode ser armazenada em uma versão compactada ou não compactada.

Outros tipos de backup apenas fazem backup de fotos, vídeos, documentos e arquivos de música de um usuário, enquanto os programas e o sistema operacional ainda precisam ser reinstalados a partir de seu download de origem ou de um novo disco de software. No entanto, com um backup completo do PC, você pode restaurar um disco rígido para o estado exato em que estava quando o backup foi feito pela ultima vez.

Os backups completos também têm a capacidade de fazer backup dos arquivos “invisíveis” e protegidos em um computador. O que isso significa é que você pode salvar arquivos ou configurações que você poderia perder e que são importantes para as funções padrão do computador.

PRÓS CONTRAS
Um backup completo do PC é a melhor solução para uma falha no disco rígido. Além disso, se um computador travar, um backup completo do PC pode ser restaurado rapidamente com todos os dados originais intactos, incluindo softwares e configurações. Com um backup completo do PC, talvez você não consiga restaurar em um novo computador com uma placa-mãe, adaptador de vídeo e CPU diferentes. Pode contecer falhas pois esse backup faz uma cópia da integridade do sistema incluindo drivers e associações que o sistema operacional eventualmentetiver ao hardware.

Backup local

Um backup local é qualquer backup onde os meios de armazenamento são mantidos próximos (geralmente na mesma sala, prédio, escritório ou casa), razão pela qual são chamados de ‘local’.

Esses backups geralmente são armazenados em um disco rígido interno ou externo dedicado que é conectado diretamente ao computador de origem do qual está sendo feito o backup. Você também pode realizar um backup do seu dispositivo conectando-se a uma rede local.

PRÓS CONTRAS
Os backups locais oferecem grande proteção contra ataques de vírus, falhas de disco rígido e exclusão acidental ou deliberada de dados. Este tipo de backup é muito fácil de restaurar. Os backups locais correm o risco de desastres físicos porque são armazenados próximos à origem. Se o local for danificado por um incêndio, inundação ou terremoto, o backup também será afetado.

Backup externo

Os backups externos são semelhantes e apresentam os mesmos riscos que os backups locais. No entanto, esses backups separam os dados entre os locais. Isso é para evitar que os dados sejam afetados ao armazená-los em vários locais. O backup inicial será feito localmente, mas uma vez que o meio de armazenamento (por exemplo: um disco rígido externo) for levado para outro local (ex. a casa de um gerente, um prédio de escritórios separado, um data center), esses dados se tornarão um backup ‘fora do local’.

PRÓS CONTRAS
Os backups externos oferecem um nível adicional de proteção. Os backups externos exigem mais atenção em relação a segurança durante o transporte da mídia de armazenamento. Geralmente ele é mais caro acressenta-se os custos de transportes e segurança, o manuseio incorreto aumenta o risco de danificar os dados ou mesmo o dispositivo de armazenamento.

Observação: um backup externo oferece a mesma proteção que um backup local, mas com proteção adicional contra possíveis desastres ou roubo.

Backup remoto

Um backup remoto é uma forma de backup externo e parecido com o backup em nuvem. A diferença é que você tem acesso e pode restaurar os backups enquanto estiver em qualquer lugar. É por isso que é chamado de backup remoto. Você não precisará estar fisicamente na instalação de armazenamento para ter acesso ao backup.

Algumas empresas que possuem filiais fazem o backup remoto atravez de VPNs e Storage dedicado a backup.
Storage é um dispositivo parecido com um computador com diversos discos dedicado para armazenamento de dados.

PRÓS CONTRAS
Em comparação com os backups locais, os backups remotos oferecem uma proteção muito melhor contra desastres naturais. Além disso, você não precisa fazer uma viagem ao local de backup externo para obter acesso aos seus dados. Os backups remotos demoram mais para serem restaurados e podem ser mais caros do que os backups locais.

Backup online (backup em nuvem)

Um backup online (também conhecido como backup na nuvem) também é um backup feito de atravez da internet em uma mídia de armazenamento que está constantemente conectada ao dispositivo que está sendo copiado.

Este backup é ‘online’ porque o meio de armazenamento está sempre conectado ou sempre online. O meio de armazenamento geralmente está localizado fora do local e tem uma conexão constante com a fonte de backup via Internet. Esse método de backup não requer intervenção humana para conectar uma unidade ou um cabo para que um backup seja executado.

Atualmente, os serviços de assinatura de backup online estão disponíveis para os consumidores. Isso envolve o usuário instalar um aplicativo em seu computador, identificar quais arquivos e pastas eles desejam fazer backup e quando eles desejam que os backups sejam executados. Em seguida, os dados podem ser compactados e criptografados antes de serem enviados pela Internet para o data center de armazenamento apropriado.

Alguns serviços como Onedrive da Microsoft e o Google Drive oferecem a opção de fazer backups instantaneos de algumas pastas como “Area de Trabalho, Documentos e Imagens” conforme você vai criando ou atualizando seus arquivos nas respectivas pastas.

Esses data centers de armazenamento estão localizados longe do(s) computador(es) de origem e são construídos para proteger os dados dentro deles de serem afetados por incêndios e terremotos. Seus ambientes são controlados por câmeras de CFTV, temperatura dos data centers, firewalls e protocolos de segurança e privacidade de dados, normas como as da familia ISO 27000 também fazem parte desses data centers. Além disso, eles têm geradores de backup em caso de falta de energia da rede, e os dados são replicados em vários dispositivos em vez de apenas um.

PRÓS CONTRAS
O backup online oferece a maior proteção contra desastres naturais e roubo. Como os dados estão online, é necessária uma interação humana mínima e, com os dados sendo replicados várias vezes, há menos risco de perda de dados. Normalmente, os serviços de assinatura de backup online são mais caros do que outras opções. Além disso, os primeiros backups podem ser lentos, abrangendo dias ou semanas, dependendo da quantidade de dados que você está fazendo backup e da velocidade da sua internet.

Backup de FTP

Um backup FTP é feito via File Transfer Protocol (FTP), é um protocolo de transferencia de arquivos pela Internet para um servidor FTP. Esse servidor geralmente está localizado em um datacenter distante dos dados de origem dos quais está sendo feito backup.

Como ambos os métodos têm servidores localizados em um local diferente dos dados de origem, o backup FTP é semelhante ao backup externo.

PRÓS CONTRAS
O backup FTP é como um backup externo, ele oferece grande proteção contra inundações, incêndios e terremotos. Você também pode acessar facilmente esse backup com uma conexão com a Internet. Os cronogramas de backup e restauração dependem da velocidade da sua internet. Segurança na transferencia de dados.

Quais dados devem ser copiados?

Quando se trata de fazer backup de dados de negócios, uma boa regra é fazer backup dos arquivos e projetos que não podem ser substituídos facilmente. Eles podem ser qualquer coisa, desde planilhas, documentos de processamento de texto, bancos de dados financeiros, dados confidenciais de clientes e até mesmo arquivos pessoais, como fotos, e-mails, músicas e vídeos.

Arquivos e bancos de dados são provavelmente as primeiras coisas que vêm à mente quando você se pergunta do que fazer backup, mas você deve cobrir mais do que apenas o básico. Você também deve salvar seus sistemas operacionais (se configurados de forma especial ou exclusiva), aplicativos, discos de instalação de programas, informações de registro e configuração.

Você deve fazer backup do máximo de dados possível (dentro de medidas razoáveis). E não se esqueça dos dispositivos móveis específicos da empresa. O telefone ou tablet do seu Presidente pode conter dados importantes que não podem ser salvos em nenhum outro computador da empresa.

Para aumentar a proteção, alguém da empresa pode receber a tarefa de gerenciar os backups da empresa. O trabalho deles é entender quais dados da empresa precisam ser copiados, bem como configurar um cronograma que funcione.

Lembre-se de que toda vez que sua empresa alterar serviços, softwares ou adicionar dispositivos, você deve revisar e ajustar seu plano de backup, se necessário. É sempre melhor prevenir do que remediar.

Por outro lado, você não precisa se preocupar em fazer backup de pastas do sistema ou de outros programas (softwares). As pastas do sistema podem ser recuperadas a partir do disco de instalação do sistema operacional, e todos os programas em seu computador precisarão ser reinstalados antes que você possa utiliza-los novamente.

Quando deve ser feito o backup dos dados?

Geralmente, é sugerido um backup completo de dados uma vez por semana, especialmente para dados corporativos confidenciais. Esse backup pode ocorrer durante o fim de semana ou após o expediente durante a semana para garantir que não prejudique a produtividade.

Você também pode configurar um agendamento de backups incrementais ou diferenciais para complementar um backup semanal completo. Dessa forma, você pode salvar seus dados com mais frequência sem precisar aguardar a conclusão de um backup completo.

Lembre-se sempre de que quanto mais tempo passar entre os backups, maior será o risco de perda de dados ao recuperar esse backup.

Com que frequência você deve fazer backup?

A frequência dos backups será caso a caso para usuários individuais e empresas de grande porte.

Por exemplo, os dados que mudam a cada poucos dias podem exigir um backup semanal ou mensal, enquanto os dados de negócios que mudam com frequência podem precisar de backups diários ou mesmo de hora em hora.

Avalie quantos dados você tem, sua importância e com que frequência eles mudam para desenvolver um agendamento de backup que de fato funcione para você.

Opções de armazenamento de backup

No mundo da tecnologia da informação, você tem várias opções ao escolher como fazer backup do seu sistema. Um ótimo primeiro passo para proteger seus dados preciosos é entender os tipos de armazenamento de backup e selecionar um que atenda às suas necessidades ou às necessidades de sua empresa.

É comum seguir a regra “3 em 1 backup”. Isso significa armazenar seus dados em três locais separados, em dois tipos de armazenamento e com uma cópia mantida fora do local. Dessa forma, você terá várias cópias se uma estiver corrompida e terá pelo menos uma cópia protegida contra desastres naturais.

Existem seis técnicas principais que você pode usar para proteger seus dados.

1. Disco rígido externo

Um disco rígido externo está conectado via cabo ou conectado sem fio ao computador do qual está sendo feito o backup. Exemplos de discos rígidos externos incluem unidades de estado sólido (SSDs) e unidades flash USB.

A razão pela qual os discos rígidos externos são tão populares é que eles são fáceis de usar, portáteis e podem armazenar um grande quantidade de arquivos. Eles também podem ser usados ​​em qualquer computador por um simples cabo USB ou conexão sem fio, tornando-os uma ótima opção se você precisar transportar dados rapidamente.

Para fazer backup usando uma unidade de backup externa, conecte-a ao computador de origem com um cabo USB. Uma vez conectado, você tem o poder de escolher pastas ou arquivos individuais para armazenar dentro da unidade. Basta arrastar e soltar um arquivo no ícone da unidade na área de trabalho para fazer uma cópia dele, portanto, se você acidentalmente perdê-lo no computador, terá outra cópia pronta para ser usada.

Embora as unidades externas sejam populares, elas têm suas desvantagens. Por exemplo, a maioria dos usuários com unidades externas as mantém relativamente próximas ao computador, o que deixa a unidade em risco de ser copiada, roubada ou danificada fisicamente.

Usar esse método é uma boa maneira de começar sua jornada no backup, mas seus arquivos ainda correm o risco de outras causas de perda ou esposição de dados.

2. Software de backup

Normalmente, o software de backup é mais complexo de entender e configurar do que outras opções de armazenamento. A vantagem de utilizar este software é que ele permite que você selecione quais dados e sistemas você deseja fazer backup, bem como onde deseja fazer o backup.

Os serviços de software de backup, como um todo, podem ajudar as empresas a gerenciar seus dados muito mais de perto. Além disso, a maioria dos serviços de backup oferece criptografia que protege seus dados contra danos causados ​​por crimes cibernéticos e mau funcionamento tecnológico.

3. Cópia de segurança

Quando ocorre um desastre, você deseja ter certeza de armazenar uma cópia de seus dados em um local externo a pelo menos 160 quilômetros de seu data center principal. É aí que entra o backup em fita.

Se você usar esse método, armazenará cópias de seus dados em dispositivos de fita que enviará para um local remoto. A tecnologia de fita moderna, como Linear Tape-Open 8 (LTO-8), permite armazenar até 9 TB de dados em apenas uma fita. Isso os torna altamente eficientes se você precisar armazenar uma grande quantidade de dados.

Embora os backups em fita sejam usados ​​há décadas, a desvantagem desse método é o longo tempo de recuperação, pois você precisa enviar fisicamente a fita do local de backup para a origem quando quiser recuperar seus dados.

Os backups em fita também têm opções de recuperação limitadas. Você não pode recuperar um arquivo do backup, apenas todo o backup. Além disso, você precisará de uma unidade de fita ou biblioteca de fitas para criar seus backups e recuperar seus dados, esses dispositivos tendem a ser caros.

4. Backup em nuvem

Conforme discutido anteriormente, o backup em nuvem permite que você faça backup de seus dados em um servidor em um local remoto. Muitos usuários preferem esse método porque facilita muito o backup e o gerenciamento de seus dados. Você pode acessá-lo a qualquer momento em qualquer dispositivo através de sua conexão com a internet.

Embora a nuvem não seja tangível, é uma das soluções de backup mais populares devido à facilidade de uso e porque você não precisa de nenhum hardware como a maioria dos outros backups.

Serviços como Google Drive, Microsoft OneDrive e Dropbox estão todos sob o guarda-chuva da “nuvem”. Você pode salvar seus arquivos, documentos e trabalhos em um serviço como este e sincronizar sua conta com outros computadores e dispositivos. Isso transportará seus dados, independentemente do tipo de dispositivo que você estiver usando. Contanto que você possa fazer login em sua conta, você terá acesso aos seus dados.

Os usuários adoram o backup na nuvem por causa de sua segurança. Se o seu computador ou disco rígido quebrar ou for furtado, seus arquivos continuarão online pelo tempo que você desejar. Lembre-se de que muitos desses serviços em nuvem oferecem apenas alguns GBs de espaço livre. Se você quiser armazenar mais, terá que pagar por isso.

Armazenamento em nuvem pública

Com um backup na nuvem, você pode escolher entre opções de armazenamento público ou privado. Exemplos de armazenamento em nuvem pública incluem Google Cloud, AWS e Microsoft Azure.

Ao optar por armazenar seus dados em armazenamento em nuvem pública, você enviará seus dados para um provedor de serviços em nuvem. Esse provedor permite que você escolha um plano de armazenamento que funcione para você e cobra uma taxa de assinatura mensal com base em quanto você usa.
Obs: Os serviços aqui citados são voltados para empresas e não para usuários domésticos.

Armazenamento em nuvem privada

O armazenamento em nuvem privada faz backup de seus dados em diferentes servidores dentro do firewall de uma empresa. Isso geralmente ocorre entre um data center no local e um local separado de recuperação de desastres (DR). Por causa disso, o armazenamento em nuvem privada às vezes é chamado de armazenamento em nuvem interno.

Backup em nuvem híbrida

O backup em nuvem híbrida envolve seu sistema em nuvem e um meio de armazenamento no local. Este meio de armazenamento geralmente é mantido em seu prédio de escritórios ou onde você costuma trabalhar.

Ele funciona como seu backup local que mantém seus dados à mão se você precisar acessá-los rapidamente. O mesmo backup será sincronizado com a nuvem. Se, por algum motivo, seus dados físicos forem comprometidos, você ainda terá acesso aos seus dados por meio do backup na nuvem.

Observação: sempre haverá comunicação entre as duas partes do seu ambiente de nuvem híbrida. Dessa forma, seus dados serão exatamente os mesmos, não importa de onde você os acesse.

5. Dispositivos de hardware

Um grande número de fornecedores fornece dispositivos de backup completos. Normalmente, esses dispositivos possuem grande capacidade de armazenamento e contêm software de backup pré-instalado.

Tudo o que você precisa fazer é instalar agentes de backup no sistema do qual deseja fazer backup, configurar sua política de backup e definir um agendamento. Os dados começarão a ser copiados após a conclusão dessas etapas. Semelhante a muitas soluções de backup, você deve isolar o dispositivo da rede local, de preferência em um local remoto.

6. Mídia removível

Uma solução que caiu em desuso, mas de simples implementação, é fazer backup de seus dados em mídias removíveis, como CDs, DVDs, Blue-Ray e unidades flash USB.

Essa solução de backup só é viável se você não tiver muitos dados para armazenar. Se você tiver uma grande quantidade, precisará fazer backup em vários discos. Isso pode tornar a recuperação tediosa e complicada.

Uma desvantagem da mídia removível é sua suscetibilidade a desastres naturais. Se eles não forem armazenados em um local seguro, atendendo a determinados requisitos como temperatura e umidade, eles podem ser danificados.

Recuperação de backup

A recuperação de dados de um backup requer a restauração dos dados geralmente em seu local original, com exceção quando o objetivo é restaurá-los em outro local onde possam ser usados ​​no lugar dos dados perdidos. Essa cópia de backup é armazenada em uma mídia, como um disco rígido externo ou uma fita, para separá-la e protegê-la de possível perda de dados devido a falha de software ou hardware.

Recuperar seus dados é uma estratégia que permite que uma pessoa ou empresa mantenha o controle de seu backup após um desastre natural ou após vários eventos de perda de dados, como exclusão acidental, roubo e danos intencionais.

Pense assim: backup é o processo de armazenar uma cópia de seus dados para fins de segurança, enquanto a recuperação de backup é o processo de restaurar esses dados no caso de um evento de perda de dados.

A perda de dados acontece o tempo todo. Pode ser resultado de falha de hardware, corrupção de dados ou até mesmo por interferência humana, como ataques de vírus ou malware e exclusão acidental de dados. Ter uma cópia de backup irá ajudá-lo a restaurar os dados que foram afetados para que sua empresa volte a funcionar após a ocorrência de um desses desastres.

Observe que armazenar uma cópia de seus dados em uma mídia separada pode evitar que você os perca sem aviso prévio. Você também deve estar ciente do clima típico que ocorre onde você ou sua empresa está localizada. Se o clima nesse local puder ameaçar fisicamente seus dados, considere armazenar uma cópia de seus dados em um local remoto.

A recuperação de backup também é conhecida como recuperação de desastres ou DR (Disaster Recovery). Essa solução ajuda as empresas a recuperar software, configurações e dados de forma rápida e eficiente para um estado anterior em caso de falha de computador, servidor ou outra infraestrutura.

Qual é a melhor solução de backup?

Quando se trata de escolher, tenha em mente que a melhor solução de backup é aquela que atende às suas necessidades. Cada pessoa, empresa ou organização tem necessidades e recursos únicos quando se trata de seus dados, e a solução certa para você depende do tipo de dados que você está armazenando, quanto de recurso financeiro está disposto a investir e quais tecnologias deseja utilizar.

Quando você está em busca de sua própria solução de backup, há algumas coisas que você deve procurar:

Depois de encontrar uma solução de backup que funcione, não assuma que precisará ficar com ela para sempre. Você pode alterar onde armazena seus dados a qualquer momento. Na verdade, você deve estar sempre à procura de uma melhor opção de armazenamento para ter certeza da segurança de seus dados.

Melhor prevenir do que remediar

Coisas acontecem. Telefones quebram, computadores travam, telas ficam pretas. Se você possui algum dado e com certeza possui, deve pensar na melhor maneira de protegê-lo contra danos.
Existem dezenas de razões pelas quais você deve fazer backup de dados de qualquer tipo e tomar medidas extras, como armazená-los em mais de um lugar, pode salvá-lo em uma emergência.

Se você estiver fazendo backup de dados corporativos, converse com sua equipe para determinar o que precisa ser armazenado e com que frequência os backups devem ocorrer.

O backup de dados é aquela situação em que o ditado popular é melhor prevenir do que remediar faz todo sentido. Dedicar um tempo para planejar uma estratégia de backup é rápido e acessível, mas se você acha que sua efetuar uma assinatura mensal, ou adquirir um dispositivo de armazenamento externo é muito caro, pense o quanto perderá se não tiver backup de nada.

É sempre uma boa ideia ser proativo antes de ser forçado a reagir a uma emergência de perda de dados. Afinal, a sobrevivência da sua empresa depende disso.

Caso precise de auxilio para planejar ou configurar um backup, a equipe de suporte do site O Cara do TI pode auxiliar a sua empresa entre em contato pelo email [email protected].

Curta comente e compartilhe.

Deixe um Comentário

Sobre nós

O Cara do TI é um projeto voltado ao compartilhamento de notícias, resolução de problemas, reviews, games, filmes e tudo o que envolve o mundo da tecnologia.

Newsletter

Subscribe my Newsletter for new blog posts, tips & new photos. Let's stay updated!

© Copyright 2023 O Cara do TI® | Todos os direitos reservados

O Cara do TI
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00

Adblock Detected

Por favor, nos apoie desativando sua extensão AdBlocker de seus navegadores para nosso site. Nosso site depende das propagandas para se manter vivo. Contamos com sua colaboração